Existe um programa secreto dos EUA para buscar extraterrestres debaixo de água?

© Sputnik / Roman Denisov / Abrir o banco de imagensRecife, Oceano Pacífico (foto de arquivo)
Recife, Oceano Pacífico (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Marinha dos EUA supostamente estará utilizando um programa secreto para detectar corpos movendo-se a altas velocidades debaixo de água. O suposto programa, que visaria detectar extraterrestres submarinos, foi revelado pelo astrônomo Marc d'Antonio.

OVNI acima de uma cidade (montagem) - Sputnik Brasil
3 naves extraterrestres parecem ter aparecido em céu norte-americano (VÍDEO)
D'Antonio, analista chefe da MUFON, uma organização que investiga casos de aparecimento de OVNI, afirma ter estado a bordo de um submarino norte-americano que atravessava o Oceano Atlântico e ter visto um objeto não identificado movendo-se a uma velocidade vertiginosa.

O astrônomo, que ganhou uma viagem no submarino por trabalhar para a Marinha dos EUA, conta que ele "estava sentado na estação de radar e ao seu lado estava o operador" quando ouviu "o menino gritando ‘objeto a alta velocidade, objeto a alta velocidade".

"Despertei-me de uma vez pensando: 'Mas o que se passa?  É um torpedo?' Então o oficial de operações aparece, o operador mostra-lhe a rota que o objeto seguiu e o oficial disse: 'Ele estava indo muito rápido?' E o menino lhe respondeu 'a várias centenas de nós', ou seja, a várias centenas de quilômetros por hora. Eu me aproximei para ouvi-los melhor e o oficial perguntou se ele podia confirmar, e quando eles percebem que não era um erro, que era real, o menino do sonar perguntou o que tinha que fazer com aquilo, e o oficial lhe disse 'registra-o e não percas mais tempo', em outras palavras, registra-o e enterra-o".

OVNI (ilustração artística) - Sputnik Brasil
Mensagens extraterrestres: quem está tentando estabelecer contato com a humanidade?
D'Antonio explica que, quatro anos depois do evento, ele falou com um dos oficiais de alto cargo da Marinha norte-americana sobre o que havia ouvido e aquele lhe disse: "Sinto muito, Marc, mas não posso falar com você sobre este programa." Isso foi algo que para o astrônomo era uma confirmação de que o programa existe.

"O que ele veio dizer é que os objetos não identificados debaixo de água são normais e até temos um programa destinado a classificá-los, registrá-los e determinar a velocidade com que eles viajam", disse d'Antonio.

O astrônomo fez essas declarações durante uma reunião de ufólogos em Wyoming (EUA).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала