Presidente iraniano: EUA 'pagarão caro' caso abandonem acordo nuclear com Irã

© AFP 2022 / ATTA KENAREPresidente iraniano, Hassan Rouhani
Presidente iraniano, Hassan Rouhani - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em entrevista à emissora CNN, o presidente iraniano, Hassan Rouhani, advertiu que os EUA "pagarão caro" se o presidente Donald Trump cumprir suas ameaças de abandonar o Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, sigla em inglês), o acordo nuclear com o Irã. Este acordo seria um dos temas discutidos na Assembleia Geral da ONU nesta semana em Nova York.

A Biblioteca do Twitter do presidente Donald Trump - Sputnik Brasil
Presidente do Irã explicou por que Trump recorre ao Twitter
Segundo Hassan Rouhani, "a saída do acordo teria um alto custo para os EUA, e não acho que os norte-americanos estejam dispostos a pagar um custo tão alto por algo que vai ser inútil para eles". O líder do Irã acrescentou que este passo "não só dará resultados para os EUA, mas vai diminuir e minar a confiança internacional depositada nos EUA".

O presidente iraniano ressaltou que Teerã está disposto a responder à possível retirada dos EUA do acordo e a resposta seria dada "muito rapidamente", "provavelmente em uma semana". "Se os EUA quiserem aumentar as tensões, verão a reação do Irã", disse ele.

A usina nuclear Bushehr no Irã - Sputnik Brasil
Rússia nota desinteresse dos EUA de cumprir suas obrigações quanto ao Irã
Rouhani advertiu na entrevista que a retirada do acordo nuclear com o Irã estabeleceria um precedente diplomático. De acordo com o presidente, seria difícil convencer outros países, como a Coreia do Norte, a sentar-se à mesa de negociações com Washington, porque "eles pensariam que depois de anos de negociações e um possível acordo, a próxima administração dos EUA poderia passar por cima do mesmo ou simplesmente abandoná-lo".

Anteriormente, o líder supremo do Irã, Ali Khamenei, advertiu Washington que Teerã não será intimidada pelas ameaças do presidente Donald Trump de romper o acordo nuclear. O Irã, segundo ele, reagirá fortemente a qualquer "ação equivocada" que pode minar o JCPOA.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала