Para Donetsk, ajuda militar norte-americana incentivará agressão de Kiev em Donbass

© AP Photo / Vadim GhirdaSoldados ucranianos perto de um tanque nas posições perto da cidade de Mariupol, em Donbass
Soldados ucranianos perto de um tanque nas posições perto da cidade de Mariupol, em Donbass - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Qualquer ajuda militar da parte dos EUA será entendida por Kiev como um incentivo para continuar combates em Donbass, ao invés de regular o conflito de modo pacífico, de acordo com o comando operacional da República Popular de Donetsk.

"Este dinheiro será destinado à guerra, não a prestações sociais. Será destinado somente à guerra. Isso significa que o número de vítimas em nosso território pode aumentar", sublinhou o vice-chefe do comando operacional de Donetsk, Eduard Basurin.

Militares dos EUA participam da parada militar em comemoração da independência da Ucrânia - Sputnik Brasil
Era de se esperar: Senado dos EUA aprova futuras entregas de armas letais a Kiev
Hoje (19), o presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, comunicou que o Senado estadunidense aprovou alocação de US$ 500 milhões para Kiev. Segundo ele, este dinheiro será destinado também a "entregas de armas letais de caráter defensivo".

Comentando as palavras de Poroshenko, o Kremlin disse que não sabe nada sobre a decisão do Senado norte-americano e que Washington não fez declaração alguma.

Durante os últimos três anos, as autoridades ucranianas esperam receber armas letais dos EUA. No momento, Washington está prestando ajuda militar à Ucrânia, mas apenas em forma de munições e equipamentos, assim como através do treinamento dos soldados da Guarda Nacional da Ucrânia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала