Polícia britânica considera explosão no metrô de Londres como ataque terrorista

© REUTERS / Kevin CoombsPoliciais armados perto da estação de metrô Parsons Green em Londres, em 15 de setembro de 2017
Policiais armados perto da estação de metrô Parsons Green em Londres, em 15 de setembro de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A polícia do Reino Unido declarou que a explosão na estação de metrô Parsons Green em Londres foi um ataque terrorista.

"No momento atual, consideramos que o incidente esteja ligado ao terrorismo. Pela investigação será responsável o destacamento de operações antiterroristas", disse aos jornalistas um representante da polícia.

Segundo a polícia, várias pessoas ficaram feridas após um suposto recipiente branco ter explodido em um vagão no fim do trem. A estação afetada permanece fechada. A polícia pediu para as pessoas manterem distância da área.

Mais tarde, o serviço de ambulâncias de Londres informou que 18 pessoas foram levadas para hospitais,  todas sem ferimentos graves.

Anteriormente, a polícia comunicou ser cedo demais para confirmar a causa do fogo e que estava inspetando o objeto suspeito.

"Um saco logo após ter explodido, continua flamejando, na estação Parson Green, em Londres"

Porém, há dúvidas quanto à origem do explosivo usado.

Na opinião do ex-agente do departamento de operações antiterrorista do Ministério da Defesa britânico, major-general Chip Chapman, o explosivo que provocou a explosão no metro de Londres é diferente dos explosivos usados pelos militantes do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia), de acordo com o canal de TV Sky News.

"Este explosivo não é parecido com os usados pelo Daesh", general falou para o canal.

Carros da polícia perto da estação de metrô Parsons Green após informações sobre explosão em Londres, Reino Unido, em 15 de setembro de 2017 - Sputnik Brasil
Explosão atinge trem no metrô de Londres
A estação Parsons Green está localizada na zona oeste de Londres, no bairro do mesmo nome, onde moram muitos estrangeiros, estudantes e britânicos de classes baixas.

A capital britânica tem sofrido uma onda de ataques terroristas.

No início de junho, um veículo atropelou pedestres na Ponte de Londres, em seguida o mesmo veículo atacou o mercado Borough Market. Os atacantes foram atingidos pela polícia e mortos a tiros.

Em março, quatro pessoas morreram e muitas outras ficaram feridas após um veículo atropelar uma multidão na Ponte de Westminster perto do edifício do Parlamento do Reino Unido.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала