Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Kremlin condena veementemente novo lançamento de míssil por Pyongyang

© Sputnik / Anton Denisov / Abrir o banco de imagensKremlin de Moscou
Kremlin de Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga no
O novo lançamento de um míssil pela Coreia do Norte é mais uma provocação que leva à escalada da tensão na região e o Kremlin o condena, disse o porta-voz do presidente da Rússia, Dmitry Peskov.

Vasily Nebenzya, embaixador russo na ONU - Sputnik Brasil
'Rússia não aceita pretensões da Coreia do Norte de obter estatuto de potência nuclear'
"Rússia está preocupada com mais um lançamento provocatório que leva ao aumento da escalada de tensão na península. Condenamos veementemente essas ações provocatórias e consideramos que a demonstração inequívoca de uma posição contra isso é a coisa mais concreta que pode ser feita neste momento", disse Peskov respondendo à pergunta se a Rússia vai fazer algo concreto depois dos testes nucleares e lançamentos de mísseis pela Coreia do Norte.

"Neste caso, tal como entendemos, tendo em consideração o processo de aprovação da última resolução em relação à Coreia do Norte, a resolução do Conselho da Segurança da ONU, achamos que é seguro dizer que este é um ponto de vista único, que junta todos os países membros do Conselho de Segurança", acrescentou ele.

Na madrugada de 15 de setembro, Pyongyang, lançou um míssil que sobrevoou uma distância de 3.700 quilômetros e atingiu uma altitude máxima de 770 quilômetros. O míssil voou por cerca de 20 minutos até cair no oceano Pacífico, cerca de dois mil quilômetros ao leste da ilha japonesa de Hokkaido.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала