Após aprovação do Parlamento catalão, referendo sobre separação da Espanha já tem data

Nos siga noTelegram
Após 11 horas de debate e parte dos opositores abandonarem a votação, o Parlamento da Catalunha aprovou o projeto de lei sobre sua independência da Espanha nesta quarta-feira (6).

Uma rua de Barcelona durante a celebração da Diada, festa nacional da Catalunha, em 2015 - Sputnik Brasil
Primeiro ministro espanhol acusa Catalunha de chantagem por lei de separação
O presidente da região, Carles Puigdemont, já assinou o projeto de lei, que agora já está em vigor e utiliza o argumento da autodeterminação dos povos para decidir sobre a separação catalã da Espanha por meio de um referendo.

Foram 72 votos a favor do projeto, 12 abstenções e nenhum voto contra. Partidos que fazem oposição à medida, como o Partido Popular do primeiro-ministro Mariano Rajoy, abandonaram o plenário antes da votação.

Rajoy, que também é contrário à separação da Catalunha, já divulgou a intenção de levar a questão ao Judiciário. O primeiro-ministro também já convocou uma reunião urgente para amanhã, segundo a Associated Press.

O referendo está previsto para o primeiro dia de outubro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала