Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

'Quero os nomes', diz ministro do Supremo sobre possíveis fraudes na delação da JBS

© Marcelo Camargo/ Agência BrasilMinistro Marco Aurélio Mello
Ministro Marco Aurélio Mello - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio pediu mais detalhes sobre as possíveis irregularidades na delação da JBS apontadas pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, nesta segunda-feira (4).

"Quero os nomes. Simplesmente dizer que há envolvidos deste ou daquele órgão não basta", afirmou Marco Aurélio ao jornal Folha de S. Paulo.

Procurador-geral da República, Rodrigo Janot - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Janot anuncia que acordo de delação premiada da JBS pode ser revogado
Mello disse que "é preciso esclarecer" os fatos.

Segundo Janot, há a suspeita de que os envolvidos na delação da JBS omitiram fatos em sua colaboração premiada. Caso a omissão seja comprovada, os delatores podem perder os benefícios obtidos com a colaboração com a Justiça.

A suspeita foi levantada após a Procuradoria-Geral da República (PGR) encontrar um áudio que possivelmente envolve o próprio Joesley Batista, dirigente do grupo empresarial e responsável por ter gravado o presidente Michel Temer (PMDB), e Ricardo Saud, outro executivo da JBS.

Na conversa, são levantadas suspeitas sobre a própria PGR e o STF. Janot apontou o ex-procurador Marcelo Miller como um dos possíveis envolvidos em irregularidades, mas não deu mais detalhes sobre as suspeitas envolvendo o Supremo. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала