China fará aporte de US$ 500 milhões para a cooperação Sul-Sul, diz Xi Jinping

© AP Photo / Jason Reed, PoolXi Jinping, presidente da China
Xi Jinping, presidente da China - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A China fará uma contribuição de US$ 500 milhões para o fundo especial destinado a apoiar a cooperação Sul-Sul, disse o presidente chinês, Xi Jinping, nesta terça-feira (5).

"A nível internacional, a China trabalhará através de mecanismos como o Fundo de Assistência para Cooperação Sul-Sul, o Fundo de Paz e Desenvolvimento China-ONU e o Fundo de Cooperação Sul-Sul para o Clima, para impulsionar a cooperação no desenvolvimento e ajudar os países em desenvolvimento a implementar a agenda de desenvolvimento sustentável… Aqui, eu desejo anunciar que a China fornecerá US$ 500 milhões para o Fundo de Assistência para a Cooperação Sul-Sul", disse Xi no último dia da cúpula do Brics.

IX Cúpula do BRICS realizada entre 3 e 5 de setembro na cidade chinesa de Xiamen - Sputnik Brasil
Confira os resultados da cúpula do BRICS apresentados na declaração final
O líder chinês acrescentou que esse dinheiro será usado para ajudar os países em desenvolvimento a lidar com questões como fome, refugiados, mudanças climáticas e problemas de saúde pública.

Em 2010, a China assinou um acordo com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) sobre o fortalecimento da cooperação Sul-Sul com metas para a solução de problemas enfrentados pelos países em desenvolvimento.

O anúncio foi feito durante o "Diálogo de Mercados Emergentes e Países em Desenvolvimento", evento que conta com nações convidadas além dos países-membros do Brics. Este ano, representantes de Egito, Guiné, México, Tajiquistão e Tailândia participam da cúpula em Xiamen.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала