A avó norte-coreana que tem a atenção de todo mundo quando fala

© REUTERS / Toru HanaiRi Chun-hee na hora de anunciar realização bem-sucedida de uma bomba de hidrogênio, Tóquio, Japão, 3 de setembro de 2017
Ri Chun-hee na hora de anunciar realização bem-sucedida de uma bomba de hidrogênio, Tóquio, Japão, 3 de setembro de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Suas palavras ecoam ao redor do mundo, transmitindo as notícias mais importantes da Coreia do Norte. No entanto, mesmo sendo a dona da voz que soa as notícias quase sempre pavorosas, ela não para de surpreender o mundo com sua dedicação e ardor na hora de informar.

Ri Chun-hee é a voz e a cara da Coreia do Norte, ela é a âncora veterana encarregada de transmitir para o mundo o que está acontecendo em seu país fechado.

Com a Montanha Baekdu no plano de fundo de seu noticiário, Ri Chun-hee, mulher de 74 anos de idade, no dia 3 de setembro anunciou a notícia arrepiante que poucos queriam ouvir.

Vestida com traje tradicional rosa e preto, Ri Chun-hee falou para o mundo sobre o sexto teste nuclear que o país mais fechado tinha realizado na madrugada do domingo: uma avançada bomba de hidrogênio cinco vezes mais potente do que a que foi lançada em Nagasaki em 1945.

Sorrindo largamente, ela se referiu ao teste como "perfeito sucesso". Não é a primeira vez que a apresentadora norte-coreana cativa a atenção de pessoas além da sua Pátria.

Quem é a senhora Chun-hee?

Nascida em uma família pobre na província de Gangwon, no centro da Coreia, durante a ocupação japonesa, sua carreira é algo único na longevidade.
Inicialmente, Ri Chun-hee estudou artes na Universidade de Teatro e Cinema de Pyongyang, antes de ser selecionada pelo partido para ser a porta-voz da entidade, devido à sua pobreza e, consequentemente, a sua impecável fidelidade ao partido.

© REUTERSRi Chun-hee na hora de anunciar realização bem-sucedida de uma bomba de hidrogênio, estação de trens em Seul, Coreia do Sul, 3 de setembro de 2017
Ri Chun-hee na hora de anunciar realização bem-sucedida de uma bomba de hidrogênio, estação de trens em Seul, Coreia do Sul, 3 de setembro de 2017 - Sputnik Brasil
Ri Chun-hee na hora de anunciar realização bem-sucedida de uma bomba de hidrogênio, estação de trens em Seul, Coreia do Sul, 3 de setembro de 2017

A sua primeira aparição no KCTV (principal canal estatal) aconteceu em 1971, três anos depois ela se tornou a apresentadora-chefe das notícias mais importantes do seu país.

Rainha do drama

Sendo muito admirada pela dinastia Kim, seu estilo único é uma combinação de grandiosidade e melodrama.

Quando ela anunciou a morte de Kim Il-sung, em 1994, reverenciado como o pai da nação, a idosa encheu o anúncio de lágrimas. Passados os anos, ela foi igualmente vista chorando na tela informando à nação sobre falecimento de Kim Jong-il, pai do atual líder, em 2011.

Ri Chun-hee se aposentou temporariamente em 2012, mas apareceu novamente quatro anos depois para anunciar um lançamento de mísseis e continua no cargo para falar dos desenvolvimentos mais importantes do atual regime.

Não está claro até quando ela vai continuar como a voz da nação, encarregada com a tarefa de treinar a próxima geração dos apresentadores norte-coreanos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала