Prioridade do Irã é impulsionar o seu sistema de mísseis, diz ministro

© AP Photo / Ministério da Defesa do IrãSistema de defesa antiaérea de mísseis do Irã
Sistema de defesa antiaérea de mísseis do Irã - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O novo ministro da Defesa do Irã afirmou neste sábado que a prioridade do país neste momento é impulsionar o programa de mísseis do país e exportar armas para fortalecer países vizinhos aliados de Teerã.

"Nos campos de combate, especialmente nos mísseis, temos um plano específico para aumentar o poder dos mísseis no Irã", disse o general Amir Hatami, que foi nomeado ministro da Defesa no início deste mês, em um discurso pela agência de notícias ISNA.

"Se Deus quiser, as capacidades de combate dos mísseis balísticos e cruzados iranianos aumentarão neste termo", acrescentou.

Hatami ressaltou que o objetivo de exportar armamentos a aliados diz respeito a uma política para “prevenir guerra e conflito”.

Militantes do barço armado do Hamas na Faixa de Gaza - Sputnik Brasil
Irã mostra 'quem realmente é' ao retomar aliança com Hamas, dizem EUA

"Onde quer que um país fique fraco, outros se encorajam a atacar… Sempre que for necessário, exportaremos armas para aumentar a segurança da região e dos países, para evitar guerras", afirmou.

Hatami é o primeiro ministro da Defesa iraniano selecionado no Exército regular do país em mais de duas décadas, ao invés de integrar a tropa de elite Guarda Revolucionária.

Para analistas, a sinalização de Teerã mostra uma convergência não só dos dois exércitos do país árabe, mas também o interesse do Irã em se envolver em conflitos regionais, como aqueles testemunhados na Síria e no Iraque, algo que era exclusividade da Guarda Revolucionária desde a Revolução Islâmica de 1979.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала