Em Madri, vândalos insultam a memória dos combatentes soviéticos (FOTOS)

© Sputnik / Елена Шестернина / Abrir o banco de imagensMonumento à homenagem de tropas soviéticas no cemitério de Fuencarral em Madri (foto de arquivo)
Monumento à homenagem de tropas soviéticas no cemitério de Fuencarral em Madri (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Em Madri, um grupo de desconhecidos profanou sepulturas e monumentos no cemitério da cidade, construídos em homenagem aos militares soviéticos que participaram da Guerra Civil de Espanha.

Os vândalos cobriram-nos com símbolos nazistas e antissemitas, informa a embaixada da Rússia na Espanha na sua página no Twitter.

"Condenamos a profanação com símbolos neonazistas e antissemitas dos monumentos aos voluntários soviéticos, brigadistas internacionais e outros combatentes da Guerra Civil Espanhola no cemitério de Fuencarral em Madri", escreve a embaixada.

Além disso, a embaixada postou na sua página fotos dos monumentos profanados com grafite preto.

A guerra civil na Espanha ocorreu entre os anos de 1936 e 1939. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала