Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Diga a eles que fico': May não pretende abandonar cargo de primeira-ministra após Brexit

© AP Photo / Andrew MatthewsBritain's Prime Minister Theresa May makes a speech at the Royal United Services Institute for Defence and Security Studies in central London while on the General Election campaign trail. Monday June 5, 2017.
Britain's Prime Minister Theresa May makes a speech at the Royal United Services Institute for Defence and Security Studies in central London while on the General Election campaign trail. Monday June 5, 2017. - Sputnik Brasil
Nos siga no
A primeira-ministra Theresa May descartou que deixará o gabinete antes das eleições gerais de 2022 em entrevista à ITV News nesta quarta-feira.

A combination of pictures created in London on April 18, 2017 shows British Prime Minister and Conservative Party leader Theresa May (L) speaking at a press conference during a European Summit at the EU headquarters in Brussels on March 9, 2017 and Britain's main opposition Labour Party leader Jeremy Corbyn (R) speaking on the fourth day of the annual Labour Party conference in Liverpool, north west England on September 28, 2016. - Sputnik Brasil
Prévia: Theresa May vence eleições no Reino Unido, mas perde maioria no Parlamento
A líder do Partido Conservador admitiu ter visto "uma grande quantidade de especulações sobre o meu futuro" como chefe do governo, ela assegurou aos meios de comunicação britânicos que ela não era "uma pessoa que desiste".

"Eu estou nisso [no cargo] para o longo prazo", ela contou à ITV News durante viagem oficial ao Japão, acrescentando que ainda havia um "trabalho real a ser feito" na obtenção de acordos pós-Brexit com a União Europeia.

A fonte de notícias disse que uma revolta está sendo preparada dentro do gabinete de May depois que a tentativa dela em garantir uma maioria parlamentar falhou em junho.

A votação, que tirou cadeiras da então maioria conservadora, foi criticada por enfraquecer a posição de negociação do Reino Unido com Bruxelas nos termos de sua saída do bloco, prevista para o final de março de 2019.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала