Jornalistas russos enfrentam fogo de militares ucranianos perto de Donetsk

© AFP 2022 / Aleksei ChernyshevSoldados ucranianos gritam de um lançador de granadas antitanque SPG-9 durante o combate com os separatistas pró-russos perto de Avdeevka, região de Donetsk, em 18 de junho de 2015
Soldados ucranianos gritam de um lançador de granadas antitanque SPG-9 durante o combate com os separatistas pró-russos perto de Avdeevka, região de Donetsk, em 18 de junho de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma equipe do canal russo Rossiya 24 foi atacado por militares ucranianos na região de Donetsk durante filmagem sobre o "cessar-fogo escolar", comunicou à Sputnik o correspondente do Rossiya 24, Andrei Rudenko.

"A equipe de filmagem chegou hoje à região de Yasinovataya para filmar se está ou não sendo cumprido o cessar-fogo. Assim que chegaram, começou o bombardeio. Primeiro de armas letais, depois de armas pesadas, houve três ou quatro explosões", informou Rudenko.   

Militares ucranianos (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Donetsk acusa Kiev de preparar atos de sabotagem para agravar situação na região
Segundo o correspondente do canal, após o fim do bombardeio, a equipe de filmagem conseguiu abandonar o lugar. Felizmente não houve vítimas, acrescentou. 

O grupo de contato, encarregado pela regularização da situação no leste da Ucrânia, mais anteriormente chegou a um novo acordo do cessar-fogo a partir da madrugada do dia 25 de agosto.

Já é a quinta tentativa desde o início do ano de pôr um basta no conflito armado na região e terceira tentativa de garantir um regime de silêncio até dia 1º de setembro. As partes envolvidas no conflito já culparam uns aos outros pelo descumprimento do acordo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала