Mídia: militares dos EUA sofrem ataques de rebeldes sírios apoiados pela Turquia

© AP Photo / Hammurabi's Justice NewsMilitares americanos e rebeldes do Maghaweer al-Thawra, apoiado pelos EUA, em Tanf, no sul da Síria
Militares americanos e rebeldes do Maghaweer al-Thawra, apoiado pelos EUA, em Tanf, no sul da Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na medida em que Ancara e os rebeldes sírios se opõem às forças curdas que lutam contra os terroristas do Daesh (Estado Islâmico) com o apoio militar dos EUA no país, foi noticiado que soldados norte-americanos foram atacados por um grupo de rebeldes apoiados pela Turquia.

Tropas dos EUA em patrulha no norte da Síria teriam sido atacadas por um grupo de rebeldes apoiados pela Turquia. A informação foi divulgada pelo canal CNN nesta terça-feira (29).

Combatentes das Forças Democráticas da Síria (FDS) em Raqqa - Sputnik Brasil
Embaixada norte-americana em Ancara desmente fornecimento de tanques a curdos sírios
Os rebeldes que atiraram nas tropas dos EUA estariam associados às forças da oposição síria de origem turca que se opõem à presença de grupos curdos aliados com os Estados Unidos.

De acordo com os relatos da mídia, os EUA manifestaram um protesto diplomático contra o governo turco. O incidente ocorreu durante a semana de 21 de agosto.

O Partido da União Democrática (PYD) e as Unidades de Proteção Popular curdas (YPG), bem como as Forças Democráticas Sírias lideradas por curdos, receberam apoio dos Estados Unidos na luta contra os terroristas do Daesh na Síria, provocando severas críticas de Ancara.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала