EUA: Pyongyang viola todas as resoluções da ONU com seu lançamento de míssil

© REUTERS / KCNAO líder norte-coreano, Kim Jong-un, observando teste de míssil Hwasong-14
O líder norte-coreano, Kim Jong-un, observando teste de míssil Hwasong-14 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Coreia do Norte violou todas as resoluções do Conselho da Segurança da ONU com seu último lançamento, declarou a representante permanente dos EUA na ONU Nikki Haley.

"Eles violaram cada resolução do Conselho da Segurança da ONU, e eu acredito que alguma coisa muito séria deve acontecer", proclamou Haley.

Além disso, ela acrescentou que os EUA esperam uma cooperação com a Rússia e a China em relação à situação em torno da Coreia do Norte.

"Esperamos que a China e a Rússia continuem cooperando conosco sobre a Coreia do Norte, como tem sido no passado. Eu acho que basta", comunicou Haley aos jornalistas.

Mais tarde, durante a terça-feira será realizada uma reunião de emergência do Conselho da Segurança da ONU a pedido dos EUA, Japão e Coreia do Sul.

Em 29 de agosto de 2017 (noite do dia 28 no Brasil), a Coreia do Norte disparou um míssil que sobrevoou os territórios do norte do Japão. O míssil caiu no mar a cerca de 1.000 km de Hokkaido. O lançamento provocou pânico na região e ressuscitou a polêmica sobre o programa de mísseis de Pyongyang.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала