Moscou convoca embaixador da Moldávia para esclarecer 'provocação' na ONU

© Sputnik / Sergei Kuznetsov / Abrir o banco de imagensPacificadores russos na Transnístria
Pacificadores russos na Transnístria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O vice-chanceler russo Sergei Ryabkov disse ao embaixador da Moldávia em Moscou, Andrei Neguta, que foi provocativa a decisão de Chisinau de levar à Assembleia Geral das Nações Unidas a questão da retirada de tropas estrangeiras da Transnístria, onde a Rússia mantém forças de manutenção da paz.

Forças especiais da Moldávia durante exercícios militares - Sputnik Brasil
EUA estarão treinando agentes subversivos na Moldávia para novo conflito na Transnístria
Considerando ilegal a presença russa na região, que declarou independência da Moldávia em 1990, o governo moldavo pediu à ONU nesta semana que seja discutida, na Assembleia Geral, em setembro, a retirada completa das forças armadas estrangeiras que se encontram na Transnístria. 

"O vice-ministro das Relações Exteriores Sergei Ryabkov chamou a atenção sobre a iniciativa provocativa de Chisinau", afirmou a diplomacia russa em comunicado após o encontro de Ryabkov com Neguta, acrescentando que o vice-chanceler também descreveu a situação como um novo passo de uma campanha hostil adotada pelo novo governo moldavo. 

"Os iniciadores dessas ações devem estar cientes de sua influência negativa inevitável para a cooperação bilateral e também para a resolução da situação na Transnístria."

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала