Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Ministro francês: um terço dos suspeitos de terrorismo pode ter transtornos psiquiátricos

Nos siga no
Cerca de um terço das pessoas na lista de vigilância por terrorismo pode ter transtornos psiquiátricos, disse o ministro do Interior da França, Gérard Collomb, nesta terça-feira (22).

A fala ocorre um dia depois de um homem roubar uma van e a jogar contra dois abrigos de ônibus, matando uma pessoa e deixando outra gravemente ferida, em Marselha. O incidente levantou suspeitas de terrorismo, mas os investigadores já descartaram a hipótese. O autor do homicídio tem 35 anos, é francês, e tinha dois livros: um sobre filosofia e outro sobre o Islã. Ele teria problemas "psicológicos".

Polícia investiga o lugar do ataque, onde soldados franceses foram atropelados por um veículo no subúrbio parisiense de Levallois-Perret, França, 9 de agosto de 2017 - Sputnik Brasil
Estação de trem na França é evacuada por suspeito com arma de brinquedo
O ministro do Interior da França afirmou que cerca de 17.400 indivíduos estão na lista de vigilância das autoridades e que cerca de um terço destas pessoas podem estar doentes mentalmente. 

Gérard Collomb também afirmou que irá solicitar a ajuda de hospitais psiquiátricos para identificar pacientes que são uma ameaça em potencial.

"O segredo médico é sagrado, é claro, mas, ao mesmo tempo, devemos encontrar uma maneira de evitar que certo número de indivíduos sofrendo de transtornos realizem ataques", disse Collomb.

A possibilidade da extensa cobertura da mídia sobre a violência jihadista estimular ataques de imitadores com propensão à violência já foi advertida por especialistas em terrorismo. 

O ministro francês não esclareceu como chegou ao número de indivíduos com transtornos psiquiátricos na lista de vigilância por terrorismo.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала