Ataque aéreo russo matou mais de 200 terroristas e destruiu comboio do Daesh na Síria

© Sputnik / Ministério da Defesa da Federação da Rússia / Abrir o banco de imagensUm bombardeiro estratégico Tu-22, da Força Aeroespacial da Rússia, durante a operação na Síria
Um bombardeiro estratégico Tu-22, da Força Aeroespacial da Rússia, durante a operação na Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Força de Defesa Aeroespacial Russa destruiu um comboio do grupo terrorista islâmico Daesh, que estava se dirigindo para os arredores da cidade de Deir ez-Zor, informou um comunicado do ministério da Defesa da Rússia.

A base aérea de Hama. Carros russos e o caça MiG-23 russo das Forças Aéreas da Síria - Sputnik Brasil
Aviação russa impede fuga do Daesh de cidade cercada na Síria (VÍDEO)
"A aviação da Força de Defesa Aeroespacial da Rússia destruiu mais um grande comboio dos terroristas do Daesh, que se dirigia para a região da cidade de Deir ez-Zor, onde os terroristas internacionais estão tentando se reagrupar e instalar o seu último enclave militar na Síria", destacou o comunicado.

Segundo as informações do ministério russo, as forças russas destruíram mais de 20 automóveis com armas de grande calibre e morteiros, bem como blindados e tanques.

"Também foram eliminados mais de 200 terroristas e caminhões com munição", declarou o ministério da Defesa da Rússia.

O ministério revelou que os combatentes do Daesh, pressionados no sul, na província de Raqqa, por ataques aéreos russos, e no oeste, na província de Homs, pelas tropas do governo sírio, estão buscando concentrar desde o mês de agosto as forças na província de Deir ez-Zor. 

Tropas do Exército sírio (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Exército sírio expulsa Daesh de seu maior reduto em Homs
"A destruição do Daesh na região de Deir ez-Zor configurará derrota estratégica do grupo terrorista internacional na República Árabe da Síria", declarou o comunicado do ministério da Defesa da Rússia.

A cidade de Deir ez-Zor, bem como a base aérea militar nos seus arredores, está cercada por terrorista há mais de três anos. Há alguns meses, Daesh conseguiu cortar as comunicações entre o exército sírio na cidade e na base aérea. Apesar de ataques regulares do Daesh, as tropas de Damasco em Deir ez-Zor seguem defendendo a cidade. Os militares e civis sitiados recebem todos os suprimentos necessários por via aérea.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала