Especialista militar: armas russas têm vantagens no mercado mundial

© Sputnik / Maksim BlinovSu-34 é um caça-bombardeiro russo avançado
Su-34 é um caça-bombardeiro russo avançado - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A empresa russa Rosoboronexport, que é a única empresa russa a realizar exportações e importações de armas e tecnologias militares, registrou um aumento do nível da demanda pelo material militar russo, especialmente pela aviação de combate.

Exibição do sistema de mísseis S-400 no território da unidade militar de mísseis do Distrito Militar do Sul em Teodósia, na Crimeia - Sputnik Brasil
Pentágono: Turquia deve comprar armas russas se quiser
O especialista militar Boris Rozhin explicou ao serviço russo da Rádio Sputnik por que as armas russas são tão procuradas.

No mundo ocorreu um aumento brusco da demanda pela aviação militar russa, neste ano mais de 50% das exportações da empresa russa Rosoboronexport serão mesmo constituídos por aviação militar, comunica o serviço de imprensa da companhia citando o diretor-geral Aleksandr Mikheev.

"Registramos um aumento brusco da demanda pela aviação militar. Sua parte nas exportações da Rosoboronexport em 2017 vai superar os 50%. Ao mesmo tempo, a empresa efetua exportações para outros ramos das forças armadas", disse Mikheev.

O especialista do Centro de Jornalismo Político-Militar Boris Rozhin disse ao serviço russo da Rádio Sputnik que agora a Rússia está saindo das fronteiras dos mercados tradicionais e começando a concorrer com os países da UE e com os EUA, porque suas armas são relativamente baratas, mas são muito eficazes.

O caça MiG-29 do grupo de pilotagem Strizhi no aeroporto militar de Kubinka. - Sputnik Brasil
'Armas russas aumentarão capacidade defensiva sérvia em apenas um dia'
"Se trata de armas modernas que vemos, por exemplo, na Síria, bem como de armas obsoletas que também podem ser compradas. Esse material é bom para países em desenvolvimento. As armas mais novas são para os países do Oriente Médio, para o Sudeste Asiático e vários países da América do Sul. Tendo em conta que a situação no palco mundial é pouco provável que seja muito mais calma no futuro, os números de fornecimentos da empresa Rosoboronexport vão só aumentar", disse Rozhin.

Além disso, sublinha o especialista, uma série de países escolhe as armas russas para melhorar as relações com o país. Neste contexto, o especialista fala também sobre a Turquia, que tradicionalmente tem estado sob patrocínio da OTAN na esfera do fornecimento de armas, mas que agora está interessada em comprar sistemas russos. Neste caso tais contratos ajudam a melhorar as relações entre a Rússia e outros países, concluiu o especialista.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала