Rússia pede moderação na Coreia e rechaça uso da força na Venezuela

© Sputnik / Sergei Pyatakov / Abrir o banco de imagensRepresentante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, durante a entrevista coletiva semanal, Moscou, Rússia, 26 de maio de 2016
Representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, durante a entrevista coletiva semanal, Moscou, Rússia, 26 de maio de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse hoje que Moscou considera inaceitáveis as sanções e as ameaças de uso da força contra a Venezuela, e, no caso da Coreia do Norte, pede que todas as partes envolvidas na crise façam de tudo para evitar que a situação chegue a um ponto sem retorno.

Manifestante constrói barricada durante protesto contra o governo do presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, em Caracas, Venezuela, 4 de agosto de 2017 - Sputnik Brasil
Venezuela é mais indefesa que Coreia do Norte: que país será o primeiro alvo dos EUA?
A crise norte-coreana, a propósito, deverá ser o principal assunto da reunião entre o chanceler russo, Sergei Lavrov, e sua colega sul-coreana, Kang Kyung-wha, marcada para o próximo dia 25. 

Tanto a Coreia do Norte como a Venezuela foram alvo de ameaças recentes por parte da principal potência econômica e militar do mundo, os Estados Unidos. Ao longo das últimas semanas, o governo do presidente Donald Trump, eleito com a promessa de afastar os EUA das questões internas de outros países, adotou uma postura ainda mais dura contra Pyongyang e Caracas, dizendo que o regime de Kim Jong-un iria conhecer o fogo e a fúria de Washington e o de Nicolás Maduro poderia sofrer uma intervenção militar se os dois não mudassem de atitudes. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала