Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Brasil abstém-se de comentar pedido dos EUA de romper relações com Coreia do Norte

© AFP 2021 / TASSO MARCELOBandeira do Brasil
Bandeira do Brasil - Sputnik Brasil
Nos siga no
O governo brasileiro não irá comentar publicamente o pedido feito pelo vice-presidente dos EUA, Mike Pence, no Chile, para que o Brasil, México, Chile e Peru rompam suas relações com a Coreia do Norte.

"O Itamaraty (Ministério das Relações Exteriores) não comentará as declarações do vice-presidente norte-americano feitas em um terceiro país; o Brasil e os EUA mantêm um diálogo sobre temas globais, incluindo sobre a situação na península da Coreia", explicam à Sputnik fontes do ministério.

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un - Sputnik Brasil
EUA pedem que Brasil, Chile, México e Peru rompam laços diplomáticos com Coreia do Norte
Os EUA estão solicitando que as principais nações da América do Sul se juntem aos esforços da comunidade internacional para isolar a Coreia do Norte na tentativa de deter o desenvolvimento do programa de mísseis de Pyongyang.

Em particular, Mike Pence pediu na capital chilena, Santiago, que estes países "rompam todos os laços diplomáticos e comerciais com a Coreia do Norte", para aumentar o isolamento do regime de Kim Jong-un e chegar a uma solução pacífica sem armas nucleares.

O Brasil mantém relações diplomáticas com a Coreia do Norte desde 2001; em 2005 foi inaugurada a embaixada da Coreia do Norte em Brasília e em 2009 — a do Brasil em Pyongyang O Brasil é o único país latino-americano com embaixadas residentes em ambas as Coreias.

Kim Jong-un observa míssil balístico de longo alcance Hwasong-12. - Sputnik Brasil
Ex-deputado do Congresso dos EUA: Coreia do Norte deixará de existir se atacar Guam
Ao mesmo tempo, o Brasil presta assistência técnica à Coreia do Norte na área da agricultura, especialmente no cultivo de soja. Em 2010, técnicos do Ministério das Relações Exteriores e do Ministério da Agricultura viajaram ao país para assinar o Acordo de Cooperação Económica e Técnica entre ambos os países.

Em 2016, o Brasil exportou à Coreia do Norte produtos ao valor de mais de US$ 2 milhões (R$ 6,326 milhões).

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала