Presidente da Coreia do Sul: conflito militar só acontecerá com aval de Seul

Nos siga noTelegram
O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, declarou nesta terça-feira que um conflito militar na península da Coreia só acontecerá com o val de Seul. Ele prometeu evitar uma guerra "a todo custo", informou a agência de notícias Yonhap.

A Alta Representante da UE para Política Externa e Segurança, Federica Mogherini,na sede da UE, em Bruxelas - Sputnik Brasil
Europa coloca panos quentes na crise da Coreia
"O governo evitará uma guerra a todos os custos. Devemos solucionar o problema nuclear norte-coreano de forma pacífica, independente dos percalços no caminho", disse o presidente sul-coreano, durante uma cerimônia por ocasião da libertação do seu país da colonização japonesa. 

"A decisão pela ação militar na península da Coreia poderá ser tomada somente pela Coreia [do Sul]. Ninguém pode decidir pela ação militar sem o aval da Coreia do Sul", disse Moon Jae-in.

O político destacou que o seu país "deixa as portas abertas para o diálogo" e manifestou a certeza de que o seu governo empreenderá esforços diplomáticos para a solução pacífica da crise com Pyongyang.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала