Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

FBI inicia investigação sobre atropelamento de manifestantes antirracismo

© AP Photo / Steve HelberManifestante de extrema direita em Charlottesville
Manifestante de extrema direita em Charlottesville - Sputnik Brasil
Nos siga no
O FBI abriu neste domingo (13) uma investigação de direitos civis sobre os acontecimentos em Charlottesville. A cidade próxima da capital Washington foi sede de uma manifestação de neonazistas que protestavam contra a remoção de uma estátua em homenagem ao general confederado Robert E. Lee. Eles entraram em confronto com antifascistas.

Supremacistas brancos carregam tochas durante marcha neonazista na Virgínia, nos Estados Unidos - Sputnik Brasil
Conselheiro de Trump classifica violência em Charlottesville como terrorismo
Quatro pessoas foram presas, incluindo James Fields, um homem branco de 20 anos de idade, de Ohio, e suspeito de ser o motorista do carro que atacou uma multidão que protestava contra a presença dos manifestantes neonazistas. O veículo matou uma mulher de 32 anos e feriu 19 pessoas, cinco delas criticamente.

"O FBI irá coletar todos os fatos e evidências disponíveis e, como esta é uma investigação em andamento, não podemos comentar mais no momento", afirmou o FBI por meio de um comunicado obtido pela NBC29.

A polícia da Virgínia ainda não informou o possível motivo do ataque. 

As autoridades federais também estão investigando um acidente de helicóptero que matou dois policiais que estavam trabalhando no monitoramento dos protestos.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала