Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Autoridades de Charlottesville autorizaram a polícia a restringir o movimento na cidade

© AP Photo / Steve HelberA white nationalist demonstrator with a helmet and shield walks into Lee Park in Charlottesville, Va., Saturday, Aug. 12, 2017. Hundreds of people chanted, threw punches, hurled water bottles and unleashed chemical sprays on each other Saturday after violence erupted at a white nationalist rally in Virginia.
A white nationalist demonstrator with a helmet and shield walks into Lee Park in Charlottesville, Va., Saturday, Aug. 12, 2017. Hundreds of people chanted, threw punches, hurled water bottles and unleashed chemical sprays on each other Saturday after violence erupted at a white nationalist rally in Virginia. - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Departamento de Polícia de Charlottesville informou que o Conselho Municipal de Charlottesville habilitou o chefe da polícia local a restringir a circulação e o movimento de pessoas e de veículos na cidade, após os violentos confrontos entre manifestantes na cidade neste sábado.

Rescue personnel help an injured woman after a car ran into a large group of protesters after an white nationalist rally in Charlottesville, Va., Saturday, Aug. 12, 2017. - Sputnik Brasil
Polícia prendeu o autor do atropelamento de antifascistas em Charlottesville
O conselho da cidade de Charlottesville autorizou o chefe da polícia local a restringir a reunião e o movimento de pessoas e de veículos na cidade, após violentos confrontos provocados por uma manifestação de extrema-direita na cidade, informou o Departamento de Polícia de Charlottesville em um comunicado neste domingo.

No sábado, Charlottesville foi palco de uma grande manifestação de nacionalistas de extrema-direita, que acabaram entrando em confronto com a população local e manifestantes antifascistas. De acordo com as autoridades locais, três pessoas morreram na cidade. O governador do estado norte-americano da Virgínia, Terry McAuliffe, decretou estado de emergência em Charlottesville.

"O Conselho da Cidade de Charlottesville votou por unanimidade para autorizar o chefe de polícia de Charlottesville, Al Thomas, a regular, restringir ou proibir qualquer ajuntamento de pessoas, ou a locomoção de pessoas ou de veículos em qualquer rua pública, calçada, ponto de acesso, parque ou outro local público, da forma que ele considerar necessário para proteger a cidade de Charlottesville", diz o comunicado.

White nationalists carry torches on the grounds of the University of Virginia, on the eve of a planned Unite The Right rally in Charlottesville, Virginia, U.S - Sputnik Brasil
Virgínia declara estado de emergência após confronto em marcha neonazista
O prefeito de Charlottesville, Mike Signer, também afirmou, em uma declaração, que "a decisão do conselho de conceder ao chefe [da polícia] Thomas a autoridade de estabelecer um toque de recolher, conforme considerar apropriado, foi tomada com toda cautela".

"Fizemos isso tendo plena confiança no chefe Thomas e na sua capacidade de aplicação da lei regional", explicou Singer.

A manifestação de extrema direita em Charlottesville foi realizada em protesto contra a remoção de uma estátua em homenagem ao general Confederado Robert E. Lee do parque central da cidade. A manifestação foi duramente condenada tanto pelo governador McAuliffe e pelas autoridades locais, quanto pelo presidente norte-americano Donald Trump.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала