China pede moderação a Trump na crise com a Coreia do Norte

© AFP 2022 / Ed JonesTanques do Exército Popular da Coreia (KPA) são exibidos na praça Kim Il-Sung durante um desfile militar marcando o 105º aniversário do nascimento do líder norte-coreano Kim Il-Sung em Pyongyang em 15 de abril de 2017.
Tanques do Exército Popular da Coreia (KPA) são exibidos na praça Kim Il-Sung durante um desfile militar marcando o 105º aniversário do nascimento do líder norte-coreano Kim Il-Sung em Pyongyang em 15 de abril de 2017. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da China, Xi Jinping, conversou por telefone com o líder norte-americano, Donald Trump, neste sábado (12) para discutir a crise em torno da Coreia do Norte.

Donald Trump joga golfe na Califórnia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Trump: EUA consideram adotar sanções adicionais contra a Coreia do Norte
Xi Jinping declarou que é necessária uma solução pacífica para a questão nuclear da Coreia do Norte, pedindo moderação ao presidente norte-americano. 

De acordo com o presidente chinês, "é do interesse comum da China e dos Estados Unidos manter a paz na Península Coreana e alcançar sua desnuclearização".

Trump emitiu uma nova ameaça contra a Coreia do Norte na sexta-feira, dizendo que os militares dos EUA estavam "trancados e carregados". Anteriormente, o presidente norte-americano havia declarado que a Coreia do Norte iria receber "fogo e fúria" em casos de novas ameaças de Pyongyang.

A Coreia do Norte, por sua vez, acusou os EUA de levar a Península Coreana à beira da guerra nuclear, deixando as potências mundiais alarmadas com a escalada da tensão.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала