Armas do futuro: Rússia poderá desenvolver mísseis de cruzeiro inteligentes até 2050

© Foto / Serviço de imprensa da frota do Pacífico Navio russo efetua lançamento de mísseis de cruzeiro
Navio russo efetua lançamento de mísseis de cruzeiro - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Rússia poderá ter mísseis de cruzeiro inteligentes em 2050, disse o diretor geral da corporação Tactical Missiles Corporation (KTRV), Boris Obnosov.

Porta-aviões pesado da Frota do Norte da Rússia Admiral Kuznetsov (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Mísseis hipersônicos e robôs: Rússia está disposta a disputar supremacia no mar
Segundo o executivo, os novos mísseis serão capazes de escolher de forma independente a tática de combate, bem como distribuir entre si os alvos.

"Por exemplo, um grupo de mísseis está no ataque. Um deles acerta o alvo e, um segundo antes do impacto, emite um sinal, informando o cumprimento da tarefa. Isso permite não gastar os mísseis em repetidos ataques contra um objeto já destruído. Depois disso, as máquinas redistribuem os alvos e continuam o ataque", disse à imprensa russa o diretor da KTRV.

Por outro lado, ele destacou que "o nível de desenvolvimento da ciência e das tecnologias ainda não chegou no nível, que permite falar de forma prática de máquinas pensantes".

"Se insistirmos nessa questão, no entanto, até 2050 teremos nossos sistemas inteligentes", concluiu Obnosov.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала