Japão: Coreia do Norte já pode ter tecnologia para construir ogivas nucleares menores

© Sputnik / Ilia Pitalev / Abrir o banco de imagensMaterial bélico da Coreia do Norte mostrado durante o desfile militar
Material bélico da Coreia do Norte mostrado durante o desfile militar - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O programa nuclear da Coreia do Norte registrou progresso desde o primeiro teste, realizado em 2016, segundo o ministério da Defesa do Japão, que publicou o seu relatório anual nesta terça-feira.

"Considerando, em particular, os cinco testes de armas nucleares [desde 2006], pode-se concluir que o programa nuclear [da Coreia do Norte] alcançou significativo progresso", avaliou o documento.

De acordo com a publicação, Pyongyang pode já ter conseguido desenvolver a tecnologia necessária para construir ogivas nucleares menores para armar seus mísseis.

O objetivo dos testes de mísseis norte-coreanos seria o aumento do alcance, da precisão e do segurança, acrescentou o ministério.

Vendedor em Seul assiste notícia sobre teste nuclear realizado pela Coreia do Norte, 9 de setembro de 2016 - Sputnik Brasil
'Temos o programa nuclear completo': É o que a Coreia do Norte pode anunciar em 2018
O relatório foi escrito antes dos dois últimos lançamentos de mísseis da Coreia do Norte, realizados em em 4 de julho e 28 de julho, respectivamente.

No sábado, o Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade uma resolução que contempla a proibição para importação de uma série de produtos da Coreia do Norte, inclusive de ferro, chumbo, carvão mineral e pescados. As contas do Banco de Comércio Externo da Coreia do Norte serão congeladas, e os navios norte-coreanos, que violarem as resoluções da ONU, ficarão impedidos de utilizar os portos em todo o mundo. As sanções também atingiram diversas pessoas físicas e autoridades coreanas, ligadas aos programas nuclear e de mísseis balísticos de Pyongyang.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала