EUA começam construção de centro naval na Ucrânia entre rumores sobre entrega de armas

© AFP 2022 / ALEXEY KRAVTSOV / AFPManobras navais internacionais Sea Breeze 2017 organizados pelos EUA e Ucrânia no mar Negro
Manobras navais internacionais Sea Breeze 2017 organizados pelos EUA e Ucrânia no mar Negro - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Marinha dos Estados Unidos começou a construção de um importante centro de operações marítimas na Ucrânia que servirá para planejar e comandar os futuros exercícios militares a realizar no país eslavo, informa a Marinha norte-americana em um comunicado.

"Os Seabees, batalhões de construção naval dos EUA, realizaram a cerimônia de colocação da primeira pedra do centro de operações marítimas na base naval de Ochakov, na Ucrânia, em 25 de julho", diz o comunicado.

"A nossa capacidade de maximizar as iniciativas europeias de segurança na Ucrânia tem uma importância estratégica e, como resultado, irá melhorar as capacidades de defesa e infraestrutura do país anfitrião, reforçando as relações e aumentando capacidades de treinamento das duas partes", afirma o segundo-tenente norte-americano, Jason McGee.

Os militares americanos lançam um míssil Javelin durante uma batalha com as tropas iraquianas em 2003 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Opinião: há chances de EUA estarem fornecendo armas para Ucrânia clandestinamente
Os Seabees chegaram a Ochakov em abril para estabelecer contratos, obter permissões de construção e levar a cabo outras tarefas logísticas para a implementação do projeto.

"Começar os trabalhos de construção na Ucrânia tem um alcance significativo", afirmou Jason McGee.

Anteriormente, o The Wall Street Journal informou, citando diplomatas e oficiais militares dos EUA, que os Departamentos de Estado e de Defesa dos EUA elaboraram um plano para fornecer mísseis antitanque e outras armas à Ucrânia.

O Kremlin, por sua vez, chamou os relatos recentes de "considerações geopolíticas" e frisou que a postura de Moscou quanto a este assunto não mudará, pois acredita que as entregas de armas a Kiev levariam a uma escalada de conflito no leste da Ucrânia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала