Venezuela: ministro da Defesa diz que 'ataque terrorista' à base militar foi controlado

© AFP 2022 / Federico ParraVladimir Padrino, ministro da Defesa da Venezuela
Vladimir Padrino, ministro da Defesa da Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro da Defesa da Venezuela, Vladimir Padrino López, disse neste domingo que o "ataque terrorista" à base militar na cidade de Valencia, no estado de Carabobo, foi controlado.

"Não puderam com a FANB (Força Armada Nacional Bolivariana), com sua moral e sua consciência constitucional. Agora pretendem a agredir com ataques terroristas. Não conseguirão!!!", escreveu o ministro em sua conta no Twitter.

​Cerca de 20 membros da Guarda Nacional (componente do Exército) divulgaram um vídeo neste domingo, no qual convocaram a população a se juntar à polícia e às forças armadas para "restaurar a ordem constitucional".

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, participa em Caracas da cerimônia em homenagem a Fidel Castro, líder da Revolução cubana falecido em 25 de novembro de 2016 - Sputnik Brasil
Mídia: sublevação abala base militar na Venezuela, várias pessoas presas
O grupo foi liderado pelo capitão Juan Caguaripano, declarado fugitivo pela justiça desde abril de 2014, quando ele também divulgou um vídeo, convocando uma rebelião cívica e militar.

"Esclarecemos que este não é um golpe, esta é uma ação cívica e militar para restaurar a ordem constitucional, e para salvar o país da destruição total, para parar a matança dos nossos jovens e famílias", disse Caguaripano em vídeo.

O capitão rebelde pediu que as pessoas fossem até as bases militares e a sede da polícia. Segundo ele, os militares e policiais que não aderirem à população serão considerados um alvo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала