'Hoje tivemos que vencer o terrorismo com balas', diz Maduro sobre levante

© REUTERS / Miraflores PalaceNicolás Maduro, presidente da Venezuela
Nicolás Maduro, presidente da Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, qualificou como "terrorismo" o ataque a uma base militar neste domingo (6). Fontes oficiais afirmam que o grupo que atacou a base de Paramacay é formado por "paramilitares".

"Hoje tivemos que vencer o terrorismo com balas", disse Maduro em seu programa dominical na TV estatal. O presidente também felicitou as forças armadas por sua "reação imediata".

Novos membros da Assembleia Nacional Constituinte posam em frente ao Congresso - Sputnik Brasil
Assembleia Constituinte da Venezuela destitui a procuradora-geral do cargo
O presidente também falou que duas pessoas foram mortas durante o levante e que há oito presos. A insurreição já foi controlada pelas forças locais.

Em um vídeo publicano nas redes sociais, um grupo de homens usando uniformes militares posa enquanto um porta-voz que se identifica como "capitão Juan Caguaripano" conclama a população e afirma que trata-se de uma ação para "restabelecer a ordem constitucional". Ainda não está claro se há uma ligação entre o vídeo e o ataque na base de Paramacay, mas o ministro da Defesa, Vladimir Padrino, classificou a publicação como um "show de propaganda" de "extremistas de extrema-direita".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала