Ataque a equipe da ONU na Colômbia deixa ferido

Nos siga noTelegram
Um policial ficou ferido em um ataque realizado neste domingo contra um grupo das Nações Unidas na Colômbia, segundo informaram autoridades locais.

Raul Castro (centro) sela acordo de paz entre o presidente Juan Manoel Santos (à esquerda) e o líder das FARCs, Timoleon Jimenez - Sputnik Brasil
FARC mantêm guerrilha, agora na política
O local atacado, na cidade de Caloto, pertencia anteriormente às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia. Lá, o grupo rebelde armazenava armamentos utilizados em suas ações, os quais, no momento, estavam sendo monitorados por uma missão especial da ONU, conforme determina o acordo de paz firmado com o governo colombiano. Em nota, a organização explicou que alguns de seus funcionários foram alvo de uma emboscada na localidade, junto com policiais e ex-membros das FARC. O agente ferido pertence à Unidade para a Edificação da Paz (Unipep), criada especialmente para mediar a implementação do processo de paz.

Fontes da polícia do departamento de Cauca disseram, de acordo com a AFP, acreditar que o Exército de Liberação Nacional (ELN) poderia estar por trás do ataque, embora o grupo também tenha manifestado o interesse de firmar um acordo de paz com o governo. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала