Senador russo revela quantos porta-aviões terá a Marinha no futuro

© Sputnik / Oleg Lastochkin / Abrir o banco de imagensO porta-aviões russo Admiral Kuznetsov
O porta-aviões russo Admiral Kuznetsov - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O vice-presidente do Comitê de Defesa e Segurança do Senado russo, Frants Klintsevich, respondeu à pergunta sobre quantos porta-aviões terá a Rússia nos próximos anos.

"No futuro próximo começaremos a produção de seis porta-aviões", disse o senador ao canal Rossiya 1.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se despede do capitão da Marinha norte-americana Richard McCormack, após o comissionamento do porta-aviões USS Gerald R. Ford durante a cerimônia na Estação Naval de Norfolk, Virginia, EUA. 22 de julho de 2017 - Sputnik Brasil
Mais novo porta-aviões dos EUA tem 32 meses de atraso e não estará pronto por 4 anos
A construção dos porta-aviões está prevista como parte do desenvolvimento da Marinha da Rússia, especificou.

Atualmente, a Rússia dispõe apenas de um porta-aviões, o Admiral Kuznetsov, em comparação com os EUA que possuem mais de uma dezena.

No entanto, Frants Klintsevich sublinhou que "não importa quantos porta-aviões temos hoje".

Desde meados dos anos 2000, tem havido uma intensa discussão nos círculos militares da Rússia sobre a construção de um novo porta-aviões. Porém, nenhum projeto foi concretizado.

Modelo reduzido do novo porta-aviões russo Shtorm - Sputnik Brasil
'Tempestade' está chegando: mais alguns detalhes sobre novo porta-aviões russo
Em 2015, as discussões avançaram depois que o Centro Estatal de Pesquisas Krylov, com sede em são Petersburgo, e o Neva Design Bureau apresentaram o projeto do porta-aviões polivalente 23000E Shtorm (tempestade, em russo), o maior veículo desta categoria em todo o mundo. O projeto passou a ser considerado desde então como o sucessor mais provável do Admiral Kuznetsov.

No fim de julho, o Ministério da Defesa da Rússia anunciou que o país planeja construir um novo porta-aviões de propulsão nuclear para sua Marinha até 2025.

O Shtorm ultrapassará significativamente o Admiral Kuznetsov, segundo a edição russa Zvezda. Em vez dos 52 aviões do atual porta-aviões, o Shtorm poderá vir a ter entre 80 e 90 veículos aéreos de última geração, podendo transportar até 6.000 toneladas de combustível, cerca de 3.000 mísseis de cruzeiro e bombas aéreas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала