Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Embaixada do Qatar e Al-Jazeera desmentem informações sobre propinas pagas à mídia russa

© AP Photo / Osama FaisalEstúdio da Al-Jazeera International em Doha, Qatar (Arquivo)
Estúdio da Al-Jazeera International em Doha, Qatar (Arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
A embaixada do Qatar na Rússia e o chefe do canal qatarense Al-Jazeera desmentiram a informação publicada no site falsificado do canal sobre o embaixador do Qatar ter dito que jornalistas russos receberam propinas da Arábia Saudita.

Embaixada do Qatar na cidade de Manama, no Bahrein, em 5 de junho de 2017 - Sputnik Brasil
Especialista: crise entre Qatar e países árabes pode piorar ainda mais
Na página do site, que foi falsificada e apresentada como uma página oficial do canal, surgiu uma matéria sobre o embaixador do Qatar na Rússia ter alegadamente declarado que jornalistas do canal RT e da agência Sputnik receberam propinas no valor de 600 milhões de rublos (R$ 31 milhões) do embaixador da Arábia Saudita para não publicarem matérias que apresentem a Arábia Saudita de forma negativa.

A missão diplomática do Qatar declara que o embaixador não fez tais declarações e que a informação fabricada tinha como objetivo afetar a imagem da mídia russa.

Não é a primeira vez que os recursos on-line da mídia qatarense sofrem ataques semelhantes, mas neste caso a página do canal foi falsificada muito cuidadosamente e era preciso analisá-la com muita atenção para perceber que o site não era real.

O lado do Qatar declara, citando resultados de investigações especiais, que muitos ataques semelhantes foram realizados a partir de endereços IP que pertencem à Arábia Saudita.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала