Embaixadora dos EUA na ONU diz que 'está na hora da China agir' contra Coreia do Norte

© AP Photo / Ng Han GuanDesfile militar na China
Desfile militar na China - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley, declarou neste domingo (30) que países como China, Japão e Coreia do Sul devem aumentar a pressão sobre a Coreia do Norte.

Imagem do Hwasong-14, míssil que a Coreia do Norte afirma ser de longo alcance (intercontinental), em teste realizado em 4 de julho de 2017 - Sputnik Brasil
Após 2° teste com ICBM norte-coreano, EUA e Coreia do Sul discutem opção militar
"Chega de falar a respeito. A China está ciente de que deve agir. Japão e Coreia do Sul precisam aumentar a pressão. Não é apenas um problema dos EUA. Isso requer uma solução internacional", disse a embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Nikki Haley, em publicação no Twitter.   

No início do último sábado, a Coreia do Norte anunciou o segundo teste do míssil Hwasong-14, declarando que a operação foi bem sucedida. O projétil atingiu a altitude de 3.725 quilômetros e percorreu 998 quilômetros por cerca de 47 minutos antes de cair no Mar do Japão.

O Japão condenou o lançamento do míssil, afirmando que foi um ato inaceitável e consiste em uma clara violação das resoluções das Nações Unidas. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала