Correspondente da Sputnik é vítima de ataque armado em Mossul

© REUTERS / Alaa Al-MarjaniTanques do exército iraquiano atacam terroristas em Mossul
Tanques do exército iraquiano atacam terroristas em Mossul - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma correspondente da Sputnik Árabe, Sara Nureddin, foi vítima de um ataque armado na cidade iraquiana de Mossul.

Veículos feitos por militantes do grupo terrorista Daesh, que foram confiscados pela Polícia do Iraque em Mossul - Sputnik Brasil
Como no filme Mad Max: confira os jihad-mobiles que restam em Mossul (FOTOS)
A jornalista não ficou ferida, mas um militar iraquiano sofreu ferimentos.

"O atacante disparou de um fuzil do tipo M16 e se encontrava em uma pequena sala com um buraco no telhado em uma escola <…> na parte antiga de Mossul", conta Sara Nureddin.

A correspondente relatou que no momento do tiroteio ela estava filmando o processo de desminagem da zona residencial perto da famosa mesquita de Al-Nuri. Por coincidência, as cinco balas atingiram o militar iraquiano, mas não a correspondente.

"As balas atingiram o militar em uma perna e nas costas, tendo ficado sem um dedo. Eu só sofri equimoses por todo o corpo enquanto fugia para um lugar seguro", conta a correspondente.

Sara Nureddin julga que o atacante era um atirador furtivo. O militar ferido está sendo operado e será transportado para Bagdá.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала