Secretário-geral da OEA afirma apoiar sanções contra Venezuela

Nos siga noTelegram
O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luís Almagro, afirmou nesta quarta-feira (19) no Senado dos Estados Unidos que apoia sanções contra cidadãos venezuelanos.

"Nós apoiamos as sanções contra aqueles indivíduos que cometeram crimes e são acusados ​​de corrupção. Precisamos de mais pressão econômica sobre um governo que está investindo o dinheiro que recolhe através de recursos naturais, que pertencem aos seus cidadãos, para assassinar esses mesmos cidadãos", disse Almagro.

Juan Manuel Santos, ganhador do Prêmio Nobel da Paz 2016 - Sputnik Brasil
Presidente da Colômbia: 'o mundo todo' quer revogar a Assembleia Constituinte na Venezuela
Entretanto, o líder da OEA afirmou que as sanções não devem incluir penalizações econômicas de amplo alcance que possam aumentar o sofrimento dos venezuelanos.

Na segunda-feira, o presidente dos EUA, Donald Trump, declarou que adotará "medidas econômicas firmes" se o país latino prosseguir com o plano do presidente Nicolás Maduro de
eleger uma Assembleia Constituinte no dia 30 de julho.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала