China envia pela primeira vez navios para exercícios no Báltico

© Sputnik / Julia KaminskayaNavio da China que participa nos exercícios navais Cooperação Naval 2015
Navio da China que participa nos exercícios navais Cooperação Naval 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um grupo de três navios da Marinha da China, encabeçado pelo destróier Hefei, vai chegar em breve à base da Frota do Báltico em 21 de julho para participar de exercícios conjuntos, comunica o chefe do serviço de imprensa da Região Militar Ocidental para a Frota do Báltico Roman Martov.

"Os três navios da China vão chegar a Baltiysk para participar dos exercícios conjuntos Cooperaçaõ Naval-2017. Vale a pena acrescentar que esta é a primeira visita de navios do Exército de Libertação Popular a Baltiysk na história das relações russo-chinesas", acrescentou Martov. 

Ele adiantou que a tripulação da corveta Boiky irá garantir a permanência dos navios chineses no porto russo. Planeja-se a realização de diversas competições entre os marinheiros russos e chineses. 

​A fase ativa das manobras russo-chinesas vai ser realizada de 25 a 27 de julho nas águas do mar Báltico, onde vão ser treinadas a interação e a organização da defesa antiaérea, antissubmarino e antinavio. 

Os objetivos principais da visita são o reforço das relações de amizade entre as Marinhas dos dois países e a realização da primeira etapa dos exercícios navais Cooperaçaõ Naval-2017. A visita da flotilha chinesa vai se prolongar até 25 de julho. Após as manobras em Baltiysk, os navios chineses irão rumar a São-Petersburgo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала