Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Coreia do Sul propõe negociações militares com Coreia do Norte ainda neste mês

© REUTERS / Kim Hong-JiSoldados norte e sul-coreano se olham através de uma janela de uma sala no Edifício da Conferência da Comissão de Armistidade Militar do Comando das Nações Unidas na aldeia da trégua de Panmunjom (Foto de arquivo)
Soldados norte e sul-coreano se olham através de uma janela de uma sala no Edifício da Conferência da Comissão de Armistidade Militar do Comando das Nações Unidas na aldeia da trégua de Panmunjom (Foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Coreia do Sul propôs realizar negociações militares com seu vizinho do norte, as primeiras desse tipo desde 2015.

"Solicitamos negociações militares com o Norte no dia 21 de julho em Tongilgak para parar todas as atividades hostis que levantam a tensão militar na linha de demarcação', disse o vice-ministro da Defesa, Suh Choo-suk, em entrevista coletiva.

Líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un - Sputnik Brasil
Coreia do Norte faz ameaças de retaliação em caso de sanções da ONU
Tongilgak é um edifício norte-coreano na aldeia de Panmunjom, posicionado na linha de demarcação que divide os países. O armistício que encerrou as hostilidades ativas na Guerra da Coreia foi assinado nessa aldeia.

A reunião foi solicitada entre oficiais militares de alto nível para 21 de julho e entre os representantes da Cruz Vermelha de ambos os países em 1 de agosto. Ainda não há agenda para o encontro, mas espera-se que abranja formas de retomar as reuniões entre familiares, já que as férias serão em outubro próximo.

O novo presidente sul-coreano, Moon Jae-in, é um defensor do diálogo, e na semana passada disse que a necessidade de dialogar para interromper os programas nucleares e de mísseis de Pyongyang era mais premente do que nunca. O Ministério da Defesa da Coreia do Sul pediu que a linha de comunicação militar inter-coreana na região ocidental fosse restaurada e que a Coreia do Norte responda à sua oferta através dela.

Um veículo militar mostra um míssil balístico na principal praça de Pyongyang durante desfile de 11 de maio de 2016 - Sputnik Brasil
EUA admitem que os mísseis da Coreia do Norte podem atingir território norte-americano
As negociações seriam as primeiras entre oficiais militares de alto nível em quase três anos, pontuou a agência de notícias oficial sul-coreana Yonhap. ´

Uma reunião de nível de trabalho foi realizada em Panmunjom em 15 de outubro de 2014, mas não foi alcançado nenhum acordo sobre como aliviar as tensões. As últimas conversas no nível do governo foram realizadas em dezembro de 2015.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала