Turquia tem manifestações de massa um ano após tentativa de golpe

© REUTERS / Dylan MartinezManifestante com bandeira da Turquia em frente ao consulado turco em Roterdã
Manifestante com bandeira da Turquia em frente ao consulado turco em Roterdã - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Centenas de milhares de pessoas foram às ruas da Turquia em protestos que marcam um ano da tentativa de golpe militar no país. As manifestações, que acontecem no Dia da Democracia e Unidade Nacional turca, ocorrem em dezenas de cidades do país.

De acordo com um correspondente da Sputnik, milhares de pessoas foram às ruas da capital turca com bandeiras do país e fotografias de pessoas que morreram durante a tentativa de golpe.  

​O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, e o primeiro-ministro, Binali Yildirim, tomaram parte nas manifestações em Istambul.

"Temos de honrar a memória dos filhos e filhas da Turquia que morreram pela democracia, bandeira, fé e honra do povo. O povo turco nunca vai esquecer e não permitirá que se esqueça o que aconteceu em 15 de julho", disse o primeiro-ministro turco durante um comício. 

Em 15 julho de 2016 um grupo de insurgentes turcos realizou uma tentativa de golpe de Estado militar no país. O governo declarou que mais de 240 pessoas morreram, cerca de duas mil ficaram feridas. Mais de 40 mil cidadãos turcos foram presos, cerca de 145 mil pessoas foram demitidas ou suspensas de seus cargos por suspeitas de envolvimento com o golpe.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала