Apesar de divergências, UE precisa de ajuda dos EUA para combater terrorismo, diz Merkel

© AP Photo / Pablo Martinez MonsivaisO presidente norte-americano, Donald Trump, saúda a chanceler alemã, Angela Merkel, na Casa Branca, em 17 de março de 2017
O presidente norte-americano, Donald Trump, saúda a chanceler alemã, Angela Merkel, na Casa Branca, em 17 de março de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A União Europeia precisa trabalhar de forma mais próxima com os Estados Unidos para lidar com sua segurança e com o combate ao terrorismo. A avaliação foi realizada por Angela Merkel durante coletiva de imprensa com o presidente francês, Emmanuel Macron, nesta quinta-feira (13).

"Todos nós compartilhamos [a ideia de que] precisamos de uma estreita cooperação com os Estados Unidos sobre as questões da segurança, tendo em vista todas as diferenças de opiniões", disse Merkel.

O aperto de mão entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e seu homólogo russo, Vladimir Putin, em 7 de julho de 2017, durante a cúpula do G20 - Sputnik Brasil
Próxima cúpula do G20 será na Argentina
Ela acrescentou que a Europa não conseguiu combater o terrorismo por conta própria e "deve assumir o controle de seu destino".

Merkel ressaltou que durante a cúpula do G20, realizada em Hamburgo na semana passada, foi possível encontrar pontos de convergência sobre o combate ao terrorismo com o mandatário dos EUA, Donald Trump.

Nos últimos dois anos, vários ataques terroristas atingiram cidades da Europa ocidental, como Paris, Bruxelas, Nice, Berlim, Londres e Estocolmo. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала