Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Mata-mata por armas hipersônicas: quem vai aparecer com míssil mais veloz do mundo?

© Sputnik / Ildus GilyazutdinovMíssil hipersônico
Míssil hipersônico - Sputnik Brasil
Nos siga no
Estimulada pelo avanço da Rússia e da China, a Força Aérea dos EUA dá passos rumo à aquisição de mísseis hipersônicos terra-ar, que são capazes de voar a uma velocidade maior do que o Mach 5, ou seja, superior a 6 mil km/h.

Míssil hipersônico - Sputnik Brasil
Mídia britânica está apreensiva com novo míssil hipersônico russo
A Força Aérea norte-americana está realizando experimentos com tecnologias hipersônicas há mais de 20 anos, mas, todavia, não alcançaram a criação de uma arma que funcione, comunica o The National Interest.

De acordo com o colunista do jornal, a situação vai mudar em breve. No fim de junho deste ano, o Departamento de Equipamentos da Força Aérea dos EUA deu início à procura de desenvolvedores para produção de armas hipersônicas. 

Os fornecedores devem possuir domínio nas áreas de aerodinâmica hipersônica, sistemas de proteção aerotérmica, motores para foguetes sólidos e integração de aeronaves e mísseis. 

De acordo com o The National Interest, o Departamento de Defesa norte-americano gostou 478 milhões de dólares em pesquisas e desenvolvimento na esfera hipersônica em 2016. O orçamento para 2018 conta com uma quantia equivalente a 292 milhões de dólares para as pesquisas em questão. 

Caças J-16 da China voam em formação com helicópteros Mi-8 sobre Pequim - Sputnik Brasil
China testa com sucesso míssil hipersônico que supera todos os similares dos EUA e da OTAN
A Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa (DARPA), a Força Aérea e o Exército dos EUA testaram todos os veículos que lançam mísseis a velocidades hipersônicas. A maioria dos testes não apresentaram bons resultados. 

A DARPA, a NASA e a Força Aérea norte-americana também testaram armas hipersônicas, nomeadamente o Waverider-51, míssil instalado em um Boeing que lança mísseis a uma velocidade Mach 4,5. 

A Rússia e a China estão também trabalhando na produção de armas hipersônicas. A China está testando os seus sistemas WU-14 e a Rússia – os Yu-71. 

Vale destacar que os Estados Unidos estão planejando realizar testes de voo de um veículo hipersônico, que custam mais de 10 milhões de dólares cada. Tudo indica que as provas serão iniciadas já neste mês, na Austrália.  

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала