Peru ordena redução de funcionários da embaixada norte-coreana

© Sputnik / Ilia Pitalev / Abrir o banco de imagensCidade de Pyongyang
Cidade de Pyongyang - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governo peruano pediu ao embaixador da Coreia do Norte para reduzir pela metade o número de funcionários da sua embaixada, informou a mídia sul-coreana.

O canal de televisão KBS citou a rádio Voz da América que, por sua vez, referiu um relatório do Peru apresentado no final de junho ao Conselho de Segurança da ONU.

Material bélico da Coreia do Norte mostrado durante o desfile militar - Sputnik Brasil
Ataque preventivo: será assim que Coreia do Norte vai começar Terceira Guerra Mundial
De acordo com este documento, em 2 de abril o Peru enviou uma carta oficial ao embaixador norte-coreano em Lima para informá-lo que o governo peruano limitaria a três (dos atuais seis) o número de funcionários desta missão diplomática, dando 90 dias para fazer o corte.

No mês seguinte, o governo peruano indeferiu o pedido de visto temporário a três diplomatas norte-coreanos, em conformidade com a Resolução 2321 do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Segundo o artigo 15 da resolução, adotada em 2016, todos os países membros da ONU podem restringir a entrada de membros do Governo da República Popular Democrática da Coreia (Coreia do Norte) se determinarem que esses funcionários estão ligados a programas nucleares, de mísseis balísticos ou outras atividades proibidas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала