Wikileaks propõe Assange para dirigir órgão de segurança cibernética dos EUA e Rússia

© REUTERS / Courtesy of WikiLeaksJulien Assange mostra seu gato na Embaixada do Equador em Londres
Julien Assange mostra seu gato na Embaixada do Equador em Londres - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O WikiLeaks ofereceu seu fundador, Julian Assange, para coordenar uma possível unidade de segurança cibernética em conjunto entre Rússia e Estados Unidos para proteção contra hackers em eleições. A iniciativa foi sugerida pelo presidente dos EUA, Donald Trump.

Vladimir Putin - Sputnik Brasil
Trump falou com Putin 'de forma dura' sobre intervenção russa nas eleições
A ideia foi ventilada neste domingo (9) por Trump no Twitter. O republicano afirmou ter discutido a questão com o presidente russo, Vladimir Putin. Poucas horas depois de citar o assunto, Trump disse: "o fato do presidente Putin e eu discutirmos a unidade de segurança cibernética não significa que eu ache que ela pode funcionar. Não pode — mas um cessar fogo [na Síria] pode e funcionou".

Trump e Putin tiveram sua primeira reunião durante o recente encontro do G20, em Hamburgo.

Já Assange vive na embaixada equatoriana em Londres desde 2012 por medo de ser extraditado para a Suécia e de lá para os Estados Unidos, onde é procurado pela publicação de documentos secretos.

"Porque não colocar Julian Assange no comando de tudo? Ele tem a confiança do público e tem o melhor material da CIA de qualquer maneira", escreveu o Wikileaks em seu Twitter.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала