Fumaça na usina nuclear flutuante não afetou funcionamento do estaleiro na Rússia

© Sputnik / Aleksei Danichev / Abrir o banco de imagensBloco energético da usina nuclear flutuante Akademik Lomonosov é colocado na água no estaleiro Baltiisky zavod
Bloco energético da usina nuclear flutuante Akademik Lomonosov é colocado na água no estaleiro Baltiisky zavod - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Nos estaleiros navais Baltiisky Zavod, situados na cidade russa de São Petersburgo, pegou fogo a primeira usina nuclear flutuante, Akademik Lomonosov, informaram algumas fontes. A informação foi logo desmentida pela assessoria de imprensa dos estaleiros.

Inicialmente, informava-se que a propagação do fogo foi circunscrita a uma área de 16 metros quadrados, informaram à Sputnik os serviços de emergência.

"Os reatores nucleares ainda não foram instalados na usina e o combustível ainda não foi carregado. O incêndio foi detido numa superfície de 16 m2, segundo dados preliminares, ninguém sofreu ferimentos. O fogo está sendo combatido", declarou o interlocutor da Sputnik.

Usina nuclear - Sputnik Brasil
Rússia terá usina nuclear que vai revolucionar o setor energético mundial
A situação está sob controle, no entanto, os dados oficiais ainda não foram anunciados.

Mais tarde, a própria assessoria de imprensa dos estaleiros navais negou a ocorrência de incêndio e informou que se tratou de fumaça devido ao mau funcionamento de um acumulador. O acidente foi liquidado muito rapidamente e não representou perigo para funcionários, população e meio ambiente.

Akademik Lomonosov é a primeira usina nuclear flutuante no mundo. Este tipo de usina deverá ser instalado nos mares do Extremo Norte e Extremo Oriente. O objetivo principal será abastecer de energia elétrica as cidades portuárias e plataformas de petróleo em alto mar.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала