Guarda sul-coreana intercepta navio com tripulantes que recusam voltar à Coreia do Norte

© AFP 2022 / JUNG YEON-JEPostos fronteiriços da Coreia do Sul (no primeiro plano) e da Coreia do Norte (no segundo plano) perto da Zona Desmilitarizada
Postos fronteiriços da Coreia do Sul (no primeiro plano) e da Coreia do Norte (no segundo plano) perto da Zona Desmilitarizada - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Guarda Costeira da Coreia do Sul interceptou um barco norte-coreano no mar do Japão (também conhecido como mar do Leste), sendo que vários membros da tripulação afirmaram estar dispostos a ficar no território sul-coreano, comunica a agência local.

De acordo com a Yonhap, uma embarcação pequena com 5 marinheiros a bordo atravessou a fronteira convencional no mar do Japão, saindo das águas norte-coreanas neste sábado (1).

Um guarda-fronteira norte-coreano - Sputnik Brasil
Segundo soldado norte-coreano foge para Coreia do Sul em 10 dias
Atualmente, os funcionários da Guarda Costeira sul-coreana estão verificando como é que o navio conseguiu entrar nas águas do país. De acordo com as informações preliminares, vários tripulantes afirmaram não querer voltar à Pátria.

Mais cedo nesta semana (23 de junho), Seul repatriou 8 marinheiros norte-coreanos, cujo navio foi encontrado à deriva nas águas da ilha sul-coreana de Ulleungdo.

De acordo com a Guarda Costeira sul-coreana, o motor da embarcação deixara de funcionar. A bordo estavam 8 marinheiros, sendo que todos disseram estar dispostos a voltar.

Ao longo do último ano, a Guarda Costeira sul-coreana salvou 15 cidadãos norte-coreanos, dos quais apenas dois quiseram ficar na Coreia do Sul.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала