Ataques terroristas deixam mortos e feridos civis na Síria

© REUTERS / Rodi SaidCombatente das Forças Democráticas da Síria (FDS) em uma rua de Tabqa, na província de Raqqa, após retomada do controle sobre a cidade então dominada pelo Daesh
Combatente das Forças Democráticas da Síria (FDS) em uma rua de Tabqa, na província de Raqqa, após retomada do controle sobre a cidade então dominada pelo Daesh - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Pelo menos quatro civis morreram e outros 35 ficaram feridos após ataques lançados por terroristas em várias cidades na Síria.

De acordo com agência de notícias síria Sana, os grupos terroristas Daesh (Estado Islâmico) e a Frente al-Nusra atacaram os subúrbios de Damasco e as cidades de Quneitra, Homs e Deraa com morteiros e mísseis.

A Syrian man is taken by civil defence workers to a small hospital in the town of Maaret al-Noman following a suspected toxic gas attack in Khan Sheikhun, a nearby rebel-held town in Syria’s northwestern Idlib province - Sputnik Brasil
Síria diz que relatório da OPAQ sobre ataque químico em Idlib é falso
Foi relatado também que o ataque contra a cidade de Deraa representa uma nova infração do cessar-fogo em zonas de segurança criadas no sul da Síria. 

Em 4 de maio, a Rússia, Turquia e o Irã anunciaram a criação de quatro zonas de segurança no país árabe. 

As zonas estão localizadas na província de Idlib, uma área ao norte da cidade de Homs, no leste de Ghouta, e no sul da Síria.

As zonas foram criadas para acolher refugiados e para serem usadas na melhoria da distribuição da ajuda humanitária. O acordo prevê que o governo sírio e as forças da oposição não podem se envolver em conflitos nas zonas de segurança.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала