Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Netanyahu promete responder com força a qualquer ataque contra território israelense

© REUTERS / Jonathan ErnstPrimeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu
Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu - Sputnik Brasil
Nos siga no
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, avisou o Irã que Israel "considera como algo grave" suas intenções de estabelecer uma presença militar na Síria e armar o grupo xiita libanês Hezbollah com armamento avançado.

Netanyahu fez as advertências no início da reunião de seu gabinete, no dia seguinte após diversos projéteis desviados com origem na Síria terem caído em território israelense (sem causar vítimas nem danos).

Imagens da fronteira entre Israel e Síria, nas Colinas de Golan, palco de um ataque vindo do lado sírio e, posteriormente, retaliado pelos israelenses - Sputnik Brasil
Força Aérea de Israel atacou Frente al-Nusra e não tropas sírias
O exército de Israel bombardeou as posições das forças governamentais sírias de onde supostamente foram lançados os mísseis, matando duas pessoas, segundo as fontes sírias.

Por sua vez, o Ministério de Defesa da Rússia comunicou hoje (25) que a aviação israelense destruiu veículos blindados do grupo terrorista Frente al-Nusra (atual Frente Fatah al-Sham) e não posições das tropas governamentais sírias.

"Nossa política é clara. Não aceitaremos nenhum tipo de 'chuva', nem de morteiros, foguetes ou propagação de fogo [da guerra síria]. Responderemos com força a qualquer ataque em nosso território contra nossos cidadãos", afirmou o premiê.

Netanyahu tem reiterado repetidamente que não aceitará a presença militar iraniana permanente em sua fronteira.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала