Coalizão liderada pelos EUA confirma o início da ofensiva em Raqqa, na Síria

© REUTERS / Rodi SaidCombatentes das Forças Democráticas da Síria (FDS) ao norte da cidade de Raqqa, em 8 de março de 2017
Combatentes das Forças Democráticas da Síria (FDS) ao norte da cidade de Raqqa, em 8 de março de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As Forças Democráticas da Síria (FDS) e seus aliados iniciaram a ofensiva, no âmbito da operação para retomar a cidade de Raqqa das mãos do grupo terrorista Daesh, segundo declaração da coalizão militar liderada pelos EUA, publicada nesta terça-feira.

Cidade de Raqqa na Síria - Sputnik Brasil
Curdos sírios iniciarão grande operação para libertar Raqqa do controle do Daesh
"As Forças Democráticas da Síria e seus parceiros da Coalizão Árabe Síria iniciaram no dia 6 de junho a ofensiva para expulsar Daesh da sua, assim denominada, capital no norte da Síria", informou o comunicado.

A campanha para libertação de Raqqa começou em novembro quando, com o apoio da coalizão liderada pelos EUA, as FDS iniciaram o cerco da cidade. Os civis foram incentivados a deixar a localidade.

"As forças da coalizão continuarão a apoiar a Coalizão Árabe Síria e as Forças Democráticas da Síria durante sua ofensiva em Raqqa, no âmbito da sua missão de 'assessorar e auxiliar', fornecendo equipamentos, treinamento, suporte de inteligência e logística, artilharia de precisão e conselhos em campo de batalha", explicou o comunicado.

O comandante da coalizão, o tenente-general Steve Townsend, avisou que a ofensiva de Raqqa será longa e difícil. Após a libertação da cidade, o governo será delegado a um grupo representativo de civis locais, destacou o comunicado militar.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала