Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

ONU: mais de 100 civis morreram na Síria em ataques da coalizão durantes últimas semanas

© REUTERS / SANA/Handout via ReutersSoldados do Exército sírio, integrantes de forças de segurança e civis inspecionam local de dois bombardeios em Homs, Síria
Soldados do Exército sírio, integrantes de forças de segurança e civis inspecionam local de dois bombardeios em Homs, Síria - Sputnik Brasil
Nos siga no
Mais de 100 civis sírios foram mortos durante ataques aéreos da coalizão internacional antiterrorista liderada pelos Estados Unidos nas províncias de Raqqa e Deir ez-Zor nas últimas semanas, disse o Chefe Humanitário da ONU, Stephen O'Brien.

Civis saem de Raqqa através do corredor aberto pelas Forças Democráticas da Síria. - Sputnik Brasil
Cerca de 100 mil pessoas deixaram Raqqa em meio à operação contra Daesh
"Apenas na semana passada, 30 crianças e mulheres ficaram gravemente feridas em um terrível ataque do Daesh em bairros sitiados em Deir ez-Zor…Além disso, mais de uma centena de civis, muitas mulheres e crianças, morreram nas últimas semanas em ataques aéreos contra o Daesh, particularmente nas províncias nordeste de Al-Raqqa e Deir ez-Zor", informou O'Brien durante a sessão do Conselho de Segurança da ONU nesta terça-feira.

Em 28 de maio, a agência de notícias SANA informou que os aviões de combate da coalizão atingiram um veículo que transportava civis ao sul da cidade de Raqqa. Durante o ataque aéreo 20 pessoas morreram e outras sete ficaram feridas.

Em 15 de maio, um ataque aéreo realizado pela coalizão na cidade oriental de Al Bukamal, na Síria, teria matado pelo menos 31 civis e ferido muitos outros.

A coalizão liderada pelos EUA está conduzindo ataques aéreos, terrestres e de artilharia na Síria e no Iraque contra o grupo terrorista Daesh. A coalizão apoia as Forças Democráticas Sírias (FDS), formadas predominantemente por combatentes curdos, com participação de milícias árabes.

No início desta semana, um porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA disse à Sputnik que a coalizão avaliaria os recentes relatórios sobre ataques aéreos na província síria de Raqqa, que alegadamente resultaram em mortes de civis.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала