Suíça multa cidadão por curtida no Facebook

Nos siga noTelegram
O tribunal em Zurique, Suíça, pronunciou o primeiro veredito pela curtida de um comentário no Facebook. O acusado terá de pagar uma multa de 4 mil francos suíços (R$ 13,3 mil), escreve o jornal britânico The Guardian.

Ex-presidente do Brasil, Dilma Rousseff - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Incrível: arte de meme vira ciência no Brasil
O ativista dos direitos dos animais, Erwin Kessler, apresentou queixa contra mais de dez usuários que escreveram comentários ofensivos contra ele em um grupo de rede social. O tribunal pronunciou alguns vereditos de acusação não só aos autores dos comentários ofensivos, mas também para pessoa que curtiu a publicação.

O tribunal decidiu que as curtidas significam aprovação do comentário ofensivo e assim a pessoa "atribuiu à ofensa". Além disso, com a curtida, o comentário se tornou mais popular, já que os amigos do acusado foram notificados do "like" dado.

Erwin Kessler é famoso por suas afirmações equivocadas. Em 1998, ele foi preso por ter comparado o ritual judeu de matar animais a crimes de fascistas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала